December 22, 2006

Colheita 2006



The Pipettes – We are the Pipettes

São tão pop que bem podiam mudar o nome para The Popettes. Levem-no para um carocha descapotável numa noite de verão e tentem disfarçar o sorriso.



The Arctic Monkeys – Whatever people say I am, that’s what I’m not

A critica Inglesa gosta muito de gritar ao mundo o brilhantismo das suas bandas rock. Raras vezes tem razão. A excepção à regra este ano chegou de quatro putos de Sheffield (um deles, entretanto, já abandonou a banda). Rock rápido e eficaz, sem tempo para descansar. Ah, e tem I bet you look good on the dancefloor, que, só por si, vale mais que o último álbum inteiro dos Oasis.



Gaiteiros de Lisboa – Sátiro

Perfeita junção de tradicionalismo e experimentação, conjugada com uma criatividade única no uso da língua portuguesa.



Anja Garbarek – Briefly shaking

Injustamente esquecida, Garbarek saltou do minimalismo para a quase exuberância pop. Excelente álbum a recompensar o tempo de espera que houve desde Smiling and Waving (2001).



Tom Waits – Brawlers, bawlers and bastards

É certo que não funciona como um álbum de estúdio actual mas, como sempre, a intemporalidade das músicas de Waits conquistam-nos de imediato. Neste caso, Waits até nos presenteia com três discos distintos: os blues de Brawlers, as baladas de bar de alterne em Bawlers e o experimentalismo pós-Swordfishtrombones de Bastards.

8 comments:

Arcoirá said...

Bom conhecer alguma coisa de música portuguesa!
Indica mais alguma coisa para um brasileiro?
Abraços!

prozac said...

arte del pop adicionei-te aos links do prozac.

RBF said...

Arcoira, não posso dizer que este ano tenha sido um ano vintage em musica portuguesa, por isso seguem algumas bandas/cantores que acho recomendáveis:

- Balla
- Old Jerusalem
- Camané
- Mesa
- Rodrigo Leao
- Katia Guerreiro

...entre muitos. Isto para não ir aos mais obvios.

Abraço.

T-Rex said...

O Vedeta ou Marreta ? deseja a todos os seus leitores e amigos Boas Festas e um Próspero 2007.

T-Rex said...

O Vedeta ou Marreta ? deseja a todos os seus leitores e amigos Boas Festas e um Próspero 2007.

Kraak/Peixinho said...

Não achas que os Arctic Monkeys foram um pouco sobrevalorizados?? Espero que não entrem em queda livre em 2007.

RBF said...

Avaliando por este álbum não acho que tenham sido sobrevalorizados. Mas de resto dou-te razão. O próximo disco tirará as coisas a limpo.

mago said...

Prozac, obrigado pela ligação. Por estes lados já estava feita ;)

Arcoirá, vale bastante a pena conhecer Sétima Legião, antigo grupo do Rodrigo Leão e que costumava participar bastante com os Gaiteiros de Lisboa referidos no post. E referir que o som deles já tem 20 anos, para tentar pô-lo no contexto...
Já agora, perca tempo para ouvir também os recentes Cindy Kat (que inclui outros dois ex-Sétima, o vocalista Pedro Oliveira e o percussionista Paulo Abelho), embora o seu registo seja mais electrónico.

Kraak, concordo com o rbf, pela sua consistência o álbum de estreia dos Arctic Monkeys merece o destaque. O que também me parece é que o estilo deles é facilmente saturável, por isso vamos ver como evoluem...